Como ter praticidade e segurança na higienização do ambiente hospitalar? – Indeba
Indeba

notícia

Como ter praticidade e segurança na higienização do ambiente hospitalar?

quinta-feira, 12 de março de 2020 >> Postado por Dilson Barros

Você precisa realizar uma higienização hospitalar, mas não sabe quais etapas seguir ou quais são os produtos mais utilizados no mercado, certo? 

Pois saiba que, sejam proprietários, profissionais da saúde ou funcionários, todos que utilizam o local precisam estar por dentro das principais exigências quando se trata da limpeza e conservação dos ambientes.

Mas não se preocupe! No artigo de hoje, explicaremos quais são as etapas fundamentais a serem seguidas neste processo de limpeza hospitalar. Continue a leitura!

Por que é tão importante manter a higienização nos hospitais?

Bem, vamos começar a falar sobre a definição de limpeza hospitalar – A rotina de limpeza nos hospitais garante a segurança dos pacientes e dos funcionários, ou seja: ela basicamente termina com a sujeira depositada nas superfícies.

Essa sujeira pode ser inorgânica ou orgânica, como: secreções, microrganismos, bactérias e patógenos. Esse é o momento que começamos a falar sobre desinfecção.

Por esse motivo, é muito importante que a limpeza/desinfecção do ambiente hospitalar seja rigorosa, com frequência adequada e de maneira minuciosa, para atender o objetivo de reduzir e controlar a disseminação de microrganismos do ambiente, contribuindo para redução da infecção hospitalar.

Um ambiente higienizado é de extrema importância na prevenção de infecções

Infecção hospitalar é aquela adquirida dentro do serviço de saúde, principalmente em enfermarias e UTIs, e pode ser transmitida de um paciente para outro, assim como para os acompanhantes, se não adotadas as devidas medidas de proteção.

O controle de infecções é uma parte importante da cultura em todos os hospitais, a limpeza e desinfecção ambiental é um componente essencial de um plano abrangente. 

Portanto, métodos rigorosos de limpeza são necessários para garantir que os quartos e os equipamentos sejam seguros para os pacientes.

Preste atenção a estas dicas sobre toxicidade na desinfecção hospitalar

  • Tenha muito cuidado com o desinfetante que será usado. Alguns são altamente tóxicos. O contato e a inalação podem afetar a pele e os pulmões.
  • É fundamental a utilização de EPI’s como luvas para impedir o contato das mãos com o produto, bem como máscaras.
  • Medidas fundamentais também devem ser tomadas, como deixar o recipiente do desinfetante fechado.
  • Além disso, os produtos de limpeza nunca devem ser misturados, pois, além da formação de gases, a solução perderá a ação. 
  • Dependendo do grau de toxicidade, o uso de roupas impermeáveis, luvas, óculos e máscaras especiais também podem ser recomendados.

Como ter segurança e praticidade na higienização do ambiente hospitalar?

  • Superfícies críticas sem matéria orgânica: opte por produtos que façam limpeza e desinfecção em uma só etapa.
  • Superfícies com matéria orgânica: remover a secreção com um papel, pano ou pá (dependendo da quantidade), posteriormente limpar e desinfetar.

A desinfecção sempre será feita após a limpeza da superfície que estava em contato com a matéria orgânica.

  • Superfícies não críticas: promova a varredura úmida utilizando o detergente e mop (ou pano e rodo). Caso seja necessário, devido ao grau de sujidade, aplique o detergente, promova a ação mecânica com o equipamento adequado (suporte LT ou enceradeira), enxaguar e secar.
  • Para o transporte de resíduos, utilizar somente os carrinhos de transporte com tampas adequados para essa função.
  • IMPORTANTE:
  1. Higienizar as mãos antes e depois dos procedimentos.
  2. Utilizar as placas de sinalização.
  3. Utilizar os EPI’s necessários para cada processo.

Ficou ciente da importância de um serviço de limpeza e desinfecção hospitalar?

A preservação do meio ambiente e a prevenção de doenças é essencial e inevitável.

Ciente disso, o Indeba, com sua exclusiva experiência, oferece ao mercado, soluções em limpeza e desinfecção profissional a partir da combinação de produtos de qualidade.

Estamos falando do Letah Oxy. Sua exclusiva tecnologia HPH (High Performance Hygiene), proporciona excelente limpeza e desinfecção em uma única etapa. 

Letah Oxy pode ser utilizado em todas as áreas do hospital, principalmente nas áreas críticas (UTI, centro cirúrgico etc.), onde os riscos são maiores.

Atenção: É muito importante que a equipe de limpeza seja devidamente qualificado para esses trabalhos. A limpeza hospitalar é extremamente complexa. 

Considerações finais

Como você pode ver, a rotina de limpeza e a higienização hospitalar constituem fundamental importância para manter o ambiente saudável.

As normas e rotinas de higienização exigem constantes atualizações devido ao grande avanço das pesquisas relacionadas ao controle da infecção hospitalar.

Esperamos que esse artigo ajude a melhorar a qualidade da higienização e a limpeza de hospitais, utilizando as técnicas e o uso correto dos produtos indicados, minimizando assim os riscos para a saúde do trabalhador e do paciente.

Então, para mais dicas e conteúdos, continue acompanhando o blog da Indeba.

Referências:

http://portal.anvisa.gov.br

https://www.ccih.med.br/higiene-hospitalar-a-importancia-da-limpeza-na-prevencao-de-infeccoes/