Evite problemas sanitários relacionados a higienização em o seu hotel. Saiba como! – Indeba
Indeba

notícia

Evite problemas sanitários relacionados a higienização em o seu hotel. Saiba como!

sexta-feira, 26 de junho de 2020 >> Postado por Dilson Barros

A segurança e bem-estar do hóspede devem ser premissas básicas para todo empreendimento hoteleiro. O novo hóspede estará cada vez mais atento e exigente ao item limpeza e a vigilância sanitária mais atuante, cabem aos hotéis redobrar a atenção, estudar as legislações e serem bem exigentes na aplicação, nos treinamentos e monitoramentos das suas equipes.

As ações estão descritas e previstas em vários regulamentos do setor e a vigilância sanitária municipal está apta a realizar inspeções regulares dentro dos empreendimentos. 

Dessa forma, a higiene é pré-requisito básico de funcionamento para estabelecimentos de hospedagem. Problemas sanitários nessa área podem se tornar uma impossibilidade para a operação, se não forem resolvidos conforme às regras. Continue lendo e saiba mais!

A importância da rotina de higienização para o seu hotel

A higienização passa nesse momento a ser uma das preocupações principais de um hotel, e será um dos critérios de escolha do meio de hospedagem pelo hóspede.

Um ambiente onde não é executada uma higienização eficiente, além de oferecer riscos à saúde dos colaboradores e hóspedes, aumenta as chances de que o empreendimento sofra com prejuízos à imagem e aos lucros da empresa. Portanto, estar atento para evitar problemas sanitários é também uma questão financeira.

Na era digital em que vivemos, um hóspede que sofreu com problemas sanitários, pode rapidamente se transformar em uma fonte de críticas negativas. Por isso, é preciso que os gestores estejam sempre atentos à higienização dos ambientes. 

Orientações para evitar problemas sanitários no seu hotel 

A seguir, confira  algumas dicas de como realizar a limpeza com o intuito de evitar problemas sanitários no seu hotel:

  • Utilizar somente produtos para higienização que são notificados ou registrados na ANVISA. Saneantes obrigatoriamente deverão ser registrados na ANVISA.
  • Seguir as instruções do fabricante para fazer a diluição e obedecer ao prazo de validade.
  • A segurança dos colaboradores é requisito primordial. O hotel deverá disponibilizar todos os EPI’s necessários para a operação como luva, óculos, máscara, avental e touca. De acordo com a NR 32, não é permitido a utilização de adornos (anéis, relógio, pulseira etc), pois podem danificar as luvas.
  • Nas superfícies críticas (alto toque) realizar a limpeza com detergente para remoção das sujidades visíveis, e a desinfecção, com desinfetante registrado na ANVISA, para redução da carga microbiológica em níveis seguros para as pessoas. Pode-se optar por produtos que fazem limpeza e desinfecção em uma única etapa, desde que tenha registro na ANVISA. 
  • Respeitar o tempo de ação do produto conforme indicação do fabricante, só assim a efetividade do processo será assegurada.
  • Organizar a rotina diária de higienização das áreas e das superfícies de alto toque e registrar os procedimentos através de planilhas assinada por quem executou a tarefa.
  • Higienizar as superfícies em sentido unilateral, sempre do menos contaminado para o mais contaminado, do mais alto para o mais baixo.

Alimentos

Uma cozinha mal higienizada é um local que pode oferecer grandes riscos com problemas sanitários. 

Os estabelecimentos hoteleiros que manipulam, preparam, fracionam, armazenam, distribuem, transporta, vende ou expõe à venda de alimentos preparados para consumo, devem seguir as regras da RDC 216/04 da ANVISA, que determina que os manipuladores de alimentos devem ser supervisionado e capacitados periodicamente em higiene pessoal, em manipulação higiênica dos alimentos e em doenças transmitidas por alimentos. 

A capacitação deve ser comprovada mediante documentação.

Por isso, é fundamental usar como aliados soluções desenvolvidas para atender às necessidades de higiene profissional das empresas manipuladoras e processadoras de alimentos e bebidas, através de assistência técnica especializada e treinamentos