Entenda o tratamento de superfícies na produção de alimentos e bebidas – Indeba
Indeba

notícia

Entenda o tratamento de superfícies na produção de alimentos e bebidas

segunda-feira, 3 de maio de 2021 >> Postado por Cris

Durante o processo de fabricação de alimentos, algumas substâncias indesejáveis ​​se acumulam, como resíduos de alimentos, corpos estranhos, produtos químicos de processamento e microrganismos.

Essa situação pode ser causada pelo processo normal de produção, como a aderência de resíduos de alimentos na superfície de trabalho, ou pode ser devido a uma anormalidade, como poluição ambiental ou por manutenção inadequada dos equipamentos.

Sendo assim, é imprescindível realizar o tratamento de superfícies por meio da higienização regular.

O objetivo é garantir que a sujeira visível e invisível seja eliminada e os microorganismos patogênicos sejam destruídos e degradados a um nível que não coloque em risco a saúde do consumidor e a qualidade do produto.

Na indústria de alimentos, o processo de higienização inclui uma série de práticas que visam restaurar as boas condições sanitárias originais do ambiente de processamento — superfícies das instalações, equipamentos e utensílios.

A solução de higiene deve remover materiais indesejáveis da superfície, como resíduos de alimentos, objetos estranhos, produtos químicos e resíduos microbianos, ao ponto em que eles não representem qualquer risco para a qualidade e segurança do produto.

Saiba como realizar uma higienização eficaz

Para implementar um plano de higienização bem-sucedido, é necessário entender a natureza da sujeira a ser removida, bem como escolher o método de descontaminação mais adequado.

Dependendo do processo de fabricação, tipo de produto, tipo de superfície e nível de higiene exigido, é possível realizar apenas a limpeza (L) ou a limpeza seguida de desinfecção (L + D).

O processo de limpeza consiste essencialmente na eliminação de resíduos de alimentos e outras partículas que estão nas superfícies, enquanto a desinfecção consiste na destruição ou remoção de microorganismos.

Em particular, o ideal é adotar a desinfecção química. Além disso, vale ressaltar que a limpeza deve ser feita antes da desinfecção, a fim de garantir sua eficácia.

Para saber mais, entre em contato com a Indeba!