Indeba

notícia

12 erros cometidos pela equipe de higienização de hotel

segunda-feira, 26 de novembro de 2018 >> Postado por Indeba

Conheça os principais erros cometidos quando se faz a higienização de hotel e como evitar que ocorram.

A gestão e coordenação de um hotel é bastante complexa e exige uma equipe bem instruída e preparada para executar suas funções da melhor maneira possível. O foco deve ser em melhorar o conforto e experiencia que o hóspede terá em seu hotel e este pensamento deve ser compartilhado por toda a equipe, especialmente os responsáveis pela higienização de hotel.

Neste texto vamos abordar 12 erros comuns que são cometidos por equipes de higienização de hotel e como evitar que aconteçam.

1 – Acúmulo de gordura

Em geral o tempo da equipe de higienização de hotel é limitado e por isso a limpeza tem que ser de forma rápida e precisa. No caso de azulejo dos banheiros sempre existe o risco do acumulo de gordura e por isso deve ser priorizado.

2 – Remoção de fios de cabelo

A limpeza e remoção de fios de cabelo também é muito importante, especialmente na área do banheiro e próximo da cama. Alguns fios são bem difíceis de serem vistos, por isso uma iluminação adequada no momento da higienização de hotel pode ser fundamental. Dessa forma, é importante no momento da limpeza fazer a abertura da cortina e se necessário acender a luzes. Vale ressaltar que não devemos fazer movimentos de “vai e vem” com o rodo ou mop, para a remoção dos fios de cabelo é necessário fazer movimentos de varredura.

3 – Resíduos de produtos

Os resíduos de produtos no chão já são mais difíceis de serem detectados, mas é preciso ter muito cuidado. Alguns hóspedes vão caminhar descalços pelo apartamento, o que fará com que eles percebam este tipo de acúmulo e gere desconforto para os mesmos. Se este tipo de problema acontecer, passe um pano limpo umedecido com água na área e comunique seu fornecedor para ajustar a diluição.

4 – Cuidado especial com os rejuntes

Os rejuntes podem acumular mofo, o que causa desconforto entre alguns hóspedes, ou em alguns casos até mesmo crises alérgicas. É necessário ter cuidado especial nos rejuntes, pois é uma área comum de acúmulo, portanto uma boa ação mecânica é fundamental. Utilize fibras ou escovas para uma boa ação mecânica e produto químico apropriado.

5 – Paredes sujas

Algumas áreas das paredes podem ser mais preocupantes, principalmente atrás de cortinas e outros móveis. É importante que a equipe de higienização de hotel faça sempre vistoria nestes locais e garanta que eles estão limpos e livres de mofo. Existem produtos específicos para este tipo de limpeza, dificultando o reaparecimento do e propagação de mofo.

Alguns hóspedes acidentalmente batem suas malas e encostam o pé na parte inferior da parede, o que pode ocasionar sujeiras nestes locais. Com produtos próprio é possível reduzir estas sujeiras e preservar o patrimônio, diminuindo assim a necessidade de pintura.

6 – Teias de aranhas

Algumas aranhas costumam fazer teias nos cantos do teto e em algumas áreas próximas dos móveis do quarto. É importante sempre verificar e limpar com frequência essas áreas e remover as aranhas do local para evitar o reaparecimento.

7 – Insetos

Insetos em todo o quarto são um problema, mas em especial na parte da luminária, já que lá eles ficam bem aparentes. Faça um cronograma para que a equipe de manutenção do hotel verifique pelo menos uma vez por semana as luminárias para garantir que está tudo limpo. Porém, se a camareira verificar a necessidade dessa limpeza antes do programado, a manutenção deverá ser acionada.

8 – Espelhos sujos e manchados

O espelho suja com muita facilidade, e por isso a equipe de higienização precisa ficar atenta e utilizar produtos próprios para fazer a limpeza. O espelho do banheiro tende a ficar sempre mais sujo, já que as pessoas utilizam pasta de dente e cremes enquanto estão na por lá, por isso é necessário atenção especial.

9 – Odores desagradáveis

A higienização de áreas como ralos e privadas precisa ser intensa, já que odores desagradáveis vão atrapalhar a experiencia do hospede no hotel. Utilize sempre produtos adequados que eliminam os odores e desinfetam estas áreas.

10 – Limpeza do vaso sanitário

Dependendo do tipo de água, o excesso de cálcio, magnésio, e ferro podem formar incrustações e manchas na parte interna do vaso sanitário. Para remover este tipo de sujeira é necessário utilizar um produtos específicos.

11 – Presença de poeira nas superfícies

A remoção da poeira não deve ser feita somente onde nossos olhos alcançam. Lugares como em cima da televisão, cantos dos móveis, na parte superior de armários também devem ser higienizados. Alguns hóspedes têm alergia a poeira e pode causar um grande desconforto para eles.

12 – Acúmulo de sujeira em baixo da cama

Em dias de alta ocupação, as camas deixam de ser arrastadas para a limpeza do piso. Porém nesta área, a chance é grande de acumular praticamente todo tipo de sujeira. Portanto, as camareiras devem ser instruídas a sempre higienizarem esse local com pano ou mop umedecido com produto específico para essa função. Depois da higienização é importante verificar se não existem nenhum resíduo nesta área.

Procure novos produtos para higienização de hotel

Sempre surgem novos produtos e soluções para melhorar os processos de higienização de hotel, por isso é importante manter a equipe sempre atualizada e adquirir novos produtos que vão auxiliar no processo de limpeza.

Quer desenvolver uma solução de limpeza e higienização personalizada para seu negócio? Conheça mais sobre nossa linha de produtos para seu segmento clicando aqui.